Betinho foi acusado de quebra de decoro e ameaça a servidora

Câmara de Bayeux decide afastar vereador Betinho por quebra de decoro parlamentar

Com ferro fere, com ferro será ferido. O ditado popular cai perfeitamente na situação do vereador Betinho da RS (PDT), da cidade de Bayeux. É que a Câmara Municipal acatou, por 9 votos a 6 o pedido de afastamento do vereador por quebra de decoro parlamentar e ameaças a uma servidora. Com a autorização, será aberta uma investigação que pode culminar com a cassação do parlamentar.

O que acontece é que o vereador de Bayeux Hermerson Caminhoneiro (Progressistas) protocolou o pedido de afastamento de Betinho da RS junto a Câmara Municipal alegando que ele quebrou o decoro parlamentar e teria ameaçado uma servidora da Casa.

Na denúncia, Hemerson afirma que Betinho não tinha permissões parlamentares para presidir uma reunião da Comissão de Constituição e Justiça, após ele, que é o presidente da referida comissão, cancelar o encontro por problemas de saúde, muito menos ter a postura que o denunciante alega que o colega teve.

De acordo com Hemerson durante a reunião Betinho “proferiu admoestadas, injustas e assediosas críticas ao trabalho desempenhado pela Procuradora Jurídica da Câmara Municipal de Bayeux, Dra. Amanda Kelly Cavacanti dos Santos”.

Além disso, o vereador alega que Betinho permaneceu cometendo outras ilegalidades, como convocação de outras reuniões do colegiado, além de proferir “ameaças aos membros da Comissão e à Procuradora Jurídica da Câmara Municipal de Bayeux, Dra. Amanda Kelly Cavacanti dos Santos, tendo, inclusive, encaminhado mensagens à servidora, via WhatsApp, ameaçando que adotaria as medidas cabíveis face a sua suposta ausência na reunião”.

Confira o teor da denúncia no link:

DENÚNCIA DE BETINHO

Fonte: blog do ninja