Os dois dirigentes com a presidente da FPF: apoio consumado (foto -Wellington Faustino)

Spartax e Força Comunitária declaram apoio à reeleição de Michelle Ramalho para a FPF

Pleito ocorre dia 6 de junho com chapa única. Michelle Ramalho tem 98,98% de adesão dos clubes

A presidente Michelle Ramalho recebeu na tarde desta segunda-feira, dia 16, a adesão de dois importantes clubes para sua reeleição à frente da Federação Paraibana de Futebol. O Spartax, equipe profissional e o Força Comunitária, clube amador, são os novos times que vão caminhar de mãos dadas por mais quatro anos com a mandatária no futebol estadual.

O apoiamento do Spartax e Força Comunitária à chapa intitulada “Avante Paraíba”, que tem Michelle Ramalho como presidente, foi assinado na FPF e já reconhecido firma em cartório. Com a adesão dessas duas equipes, aumenta para 55 clubes que apoiam a atual presidente para um mandato de mais quatro anos na FPF, num total de 57, ou seja, um percentual de 98,98%.

Apenas Perilima, presidido pelo empresário Jailton Oliveira e o Tiradente, que tem à frente Marcílio de Lima Brás, atual vice-presidente da FPF, não assinaram apoiamento à reeleição de Michelle Ramalho. A Perilima porque não teve tempo hábil para a assinatura, enquanto o Tiradente, por decisão própria do seu presidente.

“Queremos o bem do nosso futebol e, assim como a maioria dos clubes filiados veem uma boa gestão feita por Michelle Ramalho, decidimos também caminhar juntos para mais um mandato de quatro anos”, disse José Morais, falando em nome do Spartax.

As eleições para a FPF acontecem no dia 6 de junho e Michelle Ramalho não terá concorrente, sendo assim, chapa única. O Estatuto da FPF diz que para inscrição de uma chapa são necessários apoiamento de oito clubes profissionais e oito clubes amadores e/ou ligas. Com toda essa adesão à Michelle Ramalho, fica impossibilitado a inscrição de qualquer outra chapa. No dia 6, Michelle Ramalho será aclamada a nova presidente da entidade para o quadriênio 2023-2026.

O pleito deveria ocorrer no próximo dia 23, no entanto, a Justiça Paraibana determinou que a comissão eleitoral divulgasse um novo edital de convocação, por entender que o mandato da atual gestão terminaria em 29 de abril, o que contemplaria o Estatuto da entidade, já que as eleições devem acontecer a cada quatro anos, podendo ser convocada quatro meses antes do término do mandato.

Michelle Ramalho foi eleita em 29 de setembro de 2018.

BLOG DO MARCOS LIMA