Avião da Azul precisou retornar a Fortaleza minutos após a decolagem — Foto: Celso Tavares/G1

Passageiro se recusa a usar máscara, agride comissária e avião retorna ao aeroporto

O voo seguia para o Aeroporto de Confins, em Belo Horizonte, mas fez a manobra de retorno ainda sobre o céu do Ceará.

Um avião que havia decolado do Aeroporto de Fortaleza precisou retornar ao terminal na noite desta quinta-feira (30) após uma confusão provocada por um passageiro. Ele se recusou a utilizar máscara de proteção contra a Covid-19 e agrediu uma comissária de bordo durante o voo.

O avião tinha como destino o Aeroporto de Confins, em Belo Horizonte. A manobra de retorno foi feita ainda enquanto a aeronave sobrevoava o Ceará.

De acordo com a Azul Linhas Aéreas, a confusão começou logo após a decolagem. Após a agressão à comissária, ele foi contido, até que o avião chegasse ao aeroporto de origem.

Após o desembarque em Fortaleza, o passageiro foi conduzido pela Polícia Federal. Foi registrado boletim de ocorrência sobre o caso. O voo seguiu viagem normalmente em seguida.

A Azul lamentou os eventuais aborrecimentos ocorridos aos clientes e ressaltou que medidas como essas são necessárias para conferir a segurança das operações.

Fonte: globo.com