Carro incendiado em frente ao prédio da Prefeitura de Almaty, no Cazaquistão, que foi destruída durante protestos desencadeados pelo aumento do preço dos combustíveis, em 6 de janeiro de 2022 — Foto: Pavel Mikheyev/Reuters

Dezenas de manifestantes e 13 policiais morrem em protestos no Cazaquistão

Rússia e outros países próximos enviaram tropas ao Cazaquistão, que vive onda de protestos contra o aumento no preço dos combustíveis que culminou na derrubada do governo.

Dezenas de manifestantes e 13 agentes de segurança morreram em confrontos no Cazaquistão, país asiático que vive uma onda de manifestações que culminou na queda do governo. Segundo a TV estatal, dois policiais foram decapitados.

Em meio aos distúrbios violentos, a Rússia e outros países próximos enviaram uma “força de paz” ao Cazaquistão.

Fonte: globo.com