A chegada do Inverno provoca medo e incerteza nas famílias que moram nas áreas de riscos

Por Edson Gomes

Com as proximidades de chuvas no estado, a exemplo do que já vem ocorrendo em outras cidades do Brasil, João Pessoa deve manter vigilância com as residências construídas nas áreas de riscos.
Tem sido comum os deslizamentos e alagamentos, deixando centenas de pessoas desabrigadas. As chuvas são fenômenos naturais que ocorrem todos os anos e por isso, cabe aos poderes públicos fomentar política de assistência às populações mais vulneráveis antes que os sinistros aconteçam.
O mapeamento dos locais de riscos e adoção de medidas para impedir os impactos das chuvas deve ser a primeira preocupação da Defesa Civil da capital. Sabe-se que muitas famílias, devido a falta de oportunidade, habitam locais de difícil acesso e alto risco de desabamento e enchentes.
A prevenção é o melhor caminho para se evitar danos mais graves às famílias que já são afetadas pelos impactos causados pelo estado de pobreza a que são submetidos. No entanto, esses agravos só serão diminuídos ou evitados se a prefeitura e demais órgão responsável realizarem investimento para conter   os possíveis danos que venha a ser causados.
Em anos anteriores, diversas famílias de João Pessoa, ficaram desabrigadas, perderam as poucas coisas que tinham ou perderam entes queridos, devido às fortes chuvas que chegaram à capital. Todos os anos a chegada do inverno provoca medo e incerteza nas famílias que moram nas áreas de riscos.

____________________

EDSON GOMES – Colunista, escritor, policial militar do Estado da Paraíba e técnico em enfermagem