Chico de Dulce, vereador

Vereador de Lucena diz que o político deve ter “humildade”

O vereador lucenense Francisco dos Santos (Chico de Dulce) que está em seu sexto mandato, cinco deles na condição de presidente da Câmara Municipal, disse na manhã desta quinta-feira (30), durante a última sessão ordinária, que “o político deve ter humildade”.

De acordo com o parlamentar, na vida tudo é passageiro, menos cobrador e motorista. “Presidente passa, senadores, passam, deputados, governadores, prefeitos e vereadores, tudo passam. Na verdade, colhemos o que plantamos. É preciso que o político tenha humildade, pois, o povo é quem nos elege e é dono do nosso mandato. Se não estivermos do lado do povo, nada conseguiremos”, disse ele.

Chico de Dulce fez o comentário na tribuna não para atacar os colegas de parlamento, mas sim para alertar a todos os políticos brasileiros sobre a importância de ser humilde. “Estou no meu sexto mandato, apesar de ter concluído até a 7ª série, mas, se cheguei até lá é porque sou uma árvore que dá bons frutos”, afirmou.

O parlamentar enalteceu os deputados Julian Lemos (Federal) e João Bosco Carneiro (Estadual) pelos compromissos que têm com Lucena. Falou das suas emendas impositivas destinadas a Ong Apoitcha e para a compra de um carro para quem precisa se locomover para fazer hemodiálise e fez duras críticas a alguns projetos de lei que ficam “adormecidos” na Câmara sem que sejam votados.

“Aprovamos um Conselho de Ética para o Poder Legislativo, no entanto, espero que funcione para ver, inclusive, o caso de alguns projetos que passm ano para serem aprovados na Câmara”, concluiu Chico de Dulce.

Por Marcos Lima