Unidades de Saúde de Conde-PB entram em recesso. População reclama da atitude da prefeita Karla Pimentel

Em épocas de pandemia, com o fluxo de turistas e veranistas em escala crescente, a Prefeitura Municipal de Conde parece não está muito preocupada com a saúde de sua população. A prefeita Karla Pimentel determimou o fechamento até o dia 2 de janeiro de todas as unidades de saúde da cidade, o que ela considera que todo estão em “recesso”.

Inaldo da Saúde, considerado o “porta voz” deste seguimento no município, tem sido o responsável em veicular o deserviço para que nenhum popular procure esses estabelecimenos no referido período.

Inaldo da Saúde, porta voz da informação

OUÇA O QUE DIZ INALDO DA SAÚDE

Saúde e Segurança Pública tem sido serviços essenciais e de forma alguma podem fechar suas portas em período festivo, feriados ou finais de semana. A Constituição Federal prevê isso. Quem precisar desses serviços em Conde-PB, conforme a própria prefeita Karla Pimentel neste período, ainda tem uma opção: recorrer ao Pronto Atendimento das 8h às 20h no Conde ou Jacumã. Fora desse horário, somente em João Pessoa.

As reclamações tem sido intensas nas redes sociais e em grupos de watsap. E assim a Prefeitura Municipal de Conde vai fazendo seu deserviço à população.

ESCLARECIMENTO

Por teleefone, Tenente Inaldo, que é o Ouvidor da Saúde na cidade de Conde, esclareceu que a urgência já funciona 24 horas no município de Conde, que é no Pronto Atendimento (PA) do Centro e que, em Jacumã, nos dias não útes, são 12 horas por dias, ou sejam de 8h às 20h e que, nos finais de semana e feriado, o atendimento é normalmente.

Por Marcos Lima