LUCENA -Keninho cassa fala de Júnior Bocão por falta de “Decoro Parlamentar”

Bocão proferia palavras de baixo calão contra vereadores

O presidente da Câmara Municipal de Lucena,  vereador Kenedy Batista da Costa (Keninho), durante a última sessão do ano, nesta quinta-feira (30), fez valer o Artigo 244 do Regimento Interno, que trata do “Decoro Parlamentar” e cassou a palavra do vereador Júnior Bocão devido a ofensas proferidas contra a Mesa Diretora

Ao usar seu tempo de 15 minutos, o vereador Júnior Bocao voltou a proferir palavras de baixo calão contra o presidente Keninho e ao vereador Sandro Toscano, repetindo, assim, o que vinha fazendo em outras sessões legislativas.

“Tudo tem limite. Durante os quatro meses que ocupou interinamente o cargo de vereador, ele só fez atacar o Poder Legislativo, inclusive, denegrindo a moral dos vereadores e a integridade pessoal”, disse o presidente.

Após ter a palavra cassada, o vereador Júnior Bocão abandonou a sessão e foi embora. Keninho pediu desculpas aos presentes e disse que o vereador deveria ter aproveitado os quatro meses que foram lhe concedidos para mostrar projetos em prol da cidade, o que não aconteceu.

A atitude do presidente Keninho acontece na mesma sessão em que os vereadores aprovaram por unanimidade o Conselho de Ética do  Poder Legislativo.

Por Marcos Lima