Vereador cobra mais atenção e políticas públicas para idosos na Capital

Bosquinho (PV) ainda anunciou que apresentou um requerimento para realização de uma Sessão Especial sobre o tema

Na véspera do Dia Mundial dom Idoso – 1º de outubro, o vereador Bosquinho (PV) fez um pronunciamento em alusão à data. Na sessão ordinária da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) desta quinta-feira (30), o vereador cobrou a efetivação de mais políticas públicas voltadas a esse segmento da população. Ele ainda anunciou que apresentou um requerimento para realização de uma Sessão Especial na CMJP, que ainda será agendada, para debater o tema.

“Essa é uma oportunidade para exaltar as contribuições dessa população para a sociedade e de refletir sobre os desafios do envelhecimento e a necessidade de promover políticas públicas que favoreçam a autonomia e apoiem o envelhecimento saudável. Atualmente no Brasil, os idosos representam 14,3% da população, ou seja, 29,3 milhões de pessoas e esse número só vai crescer com o aumento da expectativa de vida da nossa população”, ressaltou o vereador.

O parlamentar destacou a importância da data na conscientização sobre o valor “dos que já fizeram e ainda podem fazer pela sociedade”. O Dia do Idoso foi criado em 1990 por iniciativa da Organização das Nações Unidas (ONU) para reforçar os termos da Resolução 46, que objetiva sensibilizar a sociedade mundial para as questões do envelhecimento, destacando a necessidade de proteção e de cuidados para com essa população. Ele também destacou que, no Brasil, em 1º de outubro de 2003, foi aprovada a Lei nº 10.741 (Estatuto do Idoso), instituindo que ao idoso sejam garantidas todas as oportunidades e facilidades para a preservação de sua saúde física e mental e seu aperfeiçoamento moral, intelectual, espiritual e social, em condições de liberdade e dignidade.

Bosquinho fez uma menção a dois ex-vereadores da capital que sempre lutaram pelos direitos e políticas públicas para os idosos da cidade: Creuza Pires e Fabiano Vilar, já falecidos. Ele ainda cobrou mais calçadas acessíveis e mais abrigos para idosos para ampliar as vagas e acolhimento já oferecidos pelo Lar da Providência, Associação Metropolitana de Erradicação da Mendicância (AMEM), Vila Vicentina e Associação Promocional do Ancião Dr. João Meira de Menezes / Centro Residencial do Idoso (ASPAN). Ele ainda anunciou que vai homenagear a presidente do Instituto de Envelhecimento (IPE/PB) da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), professora Antônia Leda Oliveira Silva, pelos trabalhos realizados em função da melhoria na qualidade de vida dos idosos.

Apartes

O vereador Mikika Leitão (MDB) se emocionou ao lembrar do saudoso pai e comentou que velhice é uma dádiva. Enquanto isso, o vereador Marmuthe Cavalcanti (PSL) ressaltou o trabalho de sua ONG Centro Integrado de Ações Comunitárias Pela Vida (Cicovi), na zona sul da cidade que assiste cerca de 100 idosos com atividades das mais diversas. Já o vereador Carlão (Patriota) revelou que João Pessoa é considerada a melhor cidade para o idoso. Por sua vez, o líder da situação na CMJP, vereador Bruno Farias (Cidadania), destacou que a Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) faz um trabalho admirável voltado aos idosos através da Secretaria de Cidadania e Direitos Humanos, comandada pelo vereador licenciado João Corujinha (Progressistas) e da Secretaria de Desenvolvimento Social gerida pelo deputado estadual Felipe Leitão (Avante).

Fonte: Ascom CMJP

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *