ABSURDO – Prefeitura de Alhandra aluga carro sucateado e com mais de 20 anos de uso por R$ 3 mil reais mensais

A Prefeitura de Alhandra vem gastando bastante dinheiro com o aluguel de veículos, o valor este que, por mês, daria para renovar toda frota de carros de passeio em pouco tempo.

As despesas da Prefeitura com esses alugueis chamou a atenção do vereador João Sufoco que analisou os dados e fez mais uma denúncia aos órgãos de fiscalização do erário público, sendo que um carro em especial causou estranheza pelo valor e condições de uso.

De acordo com o parlamentar, a secretaria de transportes que tem como secretário Clóvis Ferreira da Silva Neto, paga mensalmente R$ 3 mil reais pelo aluguel de um veículo Vectra, ano 2000 que está totalmente sucateado. Imagens mostram que o carro está abandonado há dias em uma rua, com o pneu furado e muito sujo. O carro deveria estar prestando serviço à Prefeitura no transporte de equipes da Secretaria de Educação tanto na zona urbana, quanto na zona rural (Veja documento abaixo), mas, aparenta não ter condições de uso.

“Nessa relação de carros que o secretário de transporte enviou ao Tribunal de Contas e à Delegacia de Combate a Corrupção, tem veículos sucateados que pode ligar na chave que não pega. Um Vectra ano 2000 sucateado, alugado a prefeitura por três mil reais, onde na mesma frota existe Chevrolet Spin ano 2017 alugado pelo mesmo valor. Isso são informações do próprio secretário. Isso está sendo denunciado com toda documentação”, declarou João Sufoco durante discurso na tribuna em sessão da Câmara Municipal nesta segunda-feira (04).

Pelos dados obtidos, o aluguel deste veículo vem sendo pago desde fevereiro deste ano, totalizando R$ 24 mil reais até o mês de setembro.

A maioria dos contratos prevê que é responsabilidade da prefeitura o abastecimento e a contratação dos motoristas, já a manutenção dos veículos fica por conta dos locatários. O valor médio pago pelo aluguel de um carro de passeio é de cerca de R$ 3 mil por mês. Os valores são muito superiores aos praticados pelas agências de locação de veículos. Além disso, não são raras as vezes em que estes veículos são flagrados sendo utilizados fora de sua finalidade.

Fonte: Portal O Litoral

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *