Prefeito convoca vereadores para aprovar com urgência projeto que cria taxa de iluminação pública em Alhandra

Em plena pandemia, o prefeito de Alhandra Marcelo Rodrigues quer cobrar mais um imposto a população. O gestor convocou os vereadores em caráter de emergência para que seja votado nesta quinta-feira (30) o projeto de Lei do executivo municipal que cria a TAXA DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA e todos os moradores e comerciantes de Alhandra terão que pagar a mais pelo consumo.

O projeto que institui a CIP (Contribuição para Custeio de Iluminação Pública), será votado e de acordo com informações, o prefeito já se reuniu com os vereadores para garantir a aprovação com a maioria dos votos.

Assim que for aprovado, imóveis residenciais, comerciais, rurais, serviços, órgãos públicos estadual e federal passarão a pagar na conta de energia a nova taxa. O valor varia de acordo com o consumo.

Já os órgãos públicos municipais ficarão isentos de pagar a taxa.

Ainda de acordo com o projeto, os valores arrecadados com a contribuição vão cobrir as despesas do município com a manutenção do sistema de iluminação e a Prefeitura ainda poderá contratar uma empresa para executar o serviço, ou seja, vão terceirizar toda manutenção da rede pública.

Revoltados, moradores prometem fazer protesto durante a votação que acontece a partir das 08h desta quinta na Câmara Municipal.

Fonte: litoralja.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *