Trans de apenas 13 anos, é assassinada a facadas, pauladas, chutes e socos

morte de uma adolescente de 13 anos de idade, que era conhecida como Keron Ravach, chocou a cidade de Camocim, distante 457 km de Fortaleza. A estudante foi espancada até a morte, atingida com pauladas e socos. Amigos relatam que Keron era tímida, mas tinha o sonho de ser conhecida e se tornar uma digital influencer. Ela estava passando por um processo de transição de gênero.

Keron foi morta na madrugada dessa segunda-feira, 4. O principal suspeito, um adolescente de 17 anos, foi apreendido. De acordo com o titular da Delegacia de Camocim, delegado Herbert Ponte, o garoto confessa o crime e afirma que se encontrou com a vítima para fazer um programa sexual. No entanto, houve um desentendimento quanto ao pagamento dos valores e ele matou a menina. As agressões foram a facadas, pauladas, socos e chutes.

Fonte: O Povo, Ceará

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias

%d blogueiros gostam disto: