Derivaldo Romão, prefeito de Pedras de Fogo (Foto - Site da prefeitura)

PEDRAS DE FOGO – Gastos com salários de funcionários no gabinete do prefeito ultrapassam meio milhão de reais

Salários de R$ 6.200, R$ 4.500, R$ 3.000, R$ 2.800, enfim, de vários valores. Esta é a realidade de quem “trabalha” no gabinete do prefeito Derivaldo Romão dos Santos (Dedé), da cidade de Pedras de Fogo-PB. Mensalmente, dos cofres públicos, estes funcionários levam mais de meio milhão de reais, ou sejam, R$ 509.279,72 (quinhentos e nove mil, duzentos e setenta e nove reais e setenta e dois centavos) de acordo com o Portal de Transparência Sagres, do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba.

Os dados são apenas do mês de agosto passado. O irmão do prefeito, Antônio Romão dos Santos Neto recebe R$ 6.200, na condição de secretário de finanças, planejamento e gestão. Todo esse dinheiro, se investido no município, daria mensalmente para melhorar a educação, saúde pública, saneamento básico, dentre outros.

O pior, no entanto é que, dificilmente se ver os funcionários no gabinete do prefeito, até mesmo porque o espaço físico não comporta a quantidade de pessoas que mensalmente aparecem na folha de pagamento da Prefeitura Municipal de Pedras de Fogo. Um absurdo que o Ministério Público deveria apurar e tomar as providências.

Por Marcos Lima

Relação nominal de funcionários do gabinete do prefeito com respectivo vencimentos
Valores altíssimos e excessivos de funcionarios lotados no gabinete do prefeito Dedé

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias

%d blogueiros gostam disto: